Natureza e Objetivos

O Centro Social Paroquial São Tomás de Aquino é uma pessoa coletiva com o NIPC 502096373 que foi instituída por decreto do Cardeal Patriarca de Lisboa a 10 de Dezembro de 1986, reveste a natureza de uma Instituição Particular de Solidariedade Social e encontra-se registada na Direcção-Geral da Segurança Social, no Livro-B das Fundações de Solidariedade Social, a fls. 133 Vº, sob o número 49/87, desde 30 de Julho de 1987.

Integrado na Pastoral social e caritativa do Patriarcado de Lisboa, o CSPSTA tem por incumbência cultivar a fraternidade cristã entre todos os habitantes da Paróquia, com particular preferência pelos mais carenciados.

De harmonia com os seus Estatutos, na prossecução dos seus objetivos concretos, o Centro orienta a sua ação sócio-caritativa com a luz emanada da Doutrina Social da Igreja, tendo em conta, designadamente, os seguintes princípios:

  • A natureza unitária da pessoa humana e o respeito pela sua dignidade;
  • A necessidade do aperfeiçoamento espiritual, moral e cultural de todos os habitantes da Paróquia;
  • O estabelecimento do espírito comunitário de modo que a população e os seus diversos grupos se tornem promotores da sua própria valorização;
  • A criação do sentido de solidariedade e de estruturas de comunicação cristã de bens entre os habitantes da Paróquia;
  • O espírito da convivência e de solidariedade social como fator decisivo do trabalho em comum tendente à valorização integral dos indivíduos, das famílias e de outros agrupamentos, e da comunidade paroquial;
  • A ação de apoio às camadas mais carenciadas ou às pessoas atingidas por calamidades, mobilizando para tal os recursos humanos e materiais necessários;
  • A cooperação com os grupos permanentes ou ocasionais que, no âmbito local ou regional, se ocupam da promoção, assistência e melhoria de vida das populações;
  • A criação das estruturas de apoio às famílias, como creche, jardim-de-infância, e outras, ou a determinados setores da população, como atividades com idosos, com jovens e outras;
  • A utilidade de recorrer a equipas de trabalho tecnicamente preparadas e devidamente qualificadas.